Vamos
Agendar?

Principais motivos para traição

Se existe um fantasma que ronda muitos casais é o problema da traição.

Dificilmente alguém consegue lidar bem com isso e, em muitos casos, há discussões, fim de relacionamento e nos piores casos até mortes como se constata nos jornais.

Mas porquê que muitas pessoas acabam por trair os seus parceiros? Esta é uma pergunta muito falada, e este post é a oportunidade ideal para reflectir melhor sobre o assunto.

Como se sabe as relações amorosas possuem as suas próprias complexidades e muitas vezes as pessoas acabam agindo de forma impulsiva deixando de considerar o bom senso, e assim fazem coisas que depois facilmente se poderão arrepender.

Principais motivos para traição

Já no próximo tópico quero compartilhar consigo quais são os principais motivos que levam as pessoas a traírem os seus parceiros. Confira alguns motivos a seguir a seguir.

  1. TENTATIVA DE RENOVAÇÃO
    Trata-se de um dos motivos pelos quais muitas pessoas honestamente apontam como principal para trair os seus parceiros. E boa parte deles não conseguem especificar melhor qual é exatamente essa renovação que tanto procuram.
    Analisando a situação de forma mais profunda e abrangente, as pessoas que traem por esse motivo é porque desejam que o seu parceiro faça algo de diferente e, por não fazê-lo, vão à procura de outra pessoa que o faça.
    Não é muito diferente também das situações em que as expectativas geradas dentro de um relacionamento não são correspondidas e acaba por desencadear a traição.
  2. ROTINA EXCESSIVA
    Este é outro motivo bastante comum em casos de traições nos relacionamentos afetivos. Assim como outras tarefas corriqueiras, um relacionamento também acaba por cair numa espécie de rotina ou tédio, e isso acaba por provocar no casal uma certa indisposição e desânimo.
    Como se diz popularmente “no início tudo são rosas”. Esta é uma frase bastante atribuída ao início dos relacionamentos em que o tédio não existe, já que tudo é novidade e ambas as partes estão dispostas a impressionar o outro com o intuito de que se apaixone.
    Por isso, é sempre bom procurar quebrar a rotina. Se não é possível fazer uma viagem a dois existem outras alternativas interessantes, como por exemplo: jantares românticos, presentes inesperados fora de época e surpresas simples como um ramo de flores, caixa de bombons ou até mesmo uma mensagem romântica já trazem um alívio para a relação.
  3. TRAUMAS
    Este é um motivo bastante comum em pessoas que tiveram algum tipo de trauma nos relacionamentos afetivos anteriores, principalmente quando foram elas as vítimas da traição. Devido à decepção podem tornar-se pessoas desconfiadas e acabam por levar este problema para os relacionamentos posteriores originando assim traições, como forma de se precaver a uma possível nova traição praticada pelo atual parceiro mesmo que este nem pense em fazer isso.
    Nesses casos, é importante identificar este tipo de situação e entender que nem sempre os erros do passado podem voltar a repetir-se no presente ou futuro, e que cada pessoa pensa e age de forma diferente, ou seja, não é por ter existido um traição no passado que você se tornará uma vítima recorrente e será traído novamente.
  4. VINGANÇA
    Em muitos casos de traições o motivo levantado é a vingança contra o parceiro, o qual já havia cometido a traição no passado. Em situações como esta, a pessoa motivada a realizar essa ação faz com o intuito de atingir profundamente a outra, para que ela sinta um pouco o que ela passou ao descobrir.
    É bastante comum a utilização de artimanhas e pessoas próximas ao seu parceiro como amigos para que a dor se torne maior, ao passo que o vingador se sinta satisfeito por ter alcançado o seu objetivo.
    Mas em situações como esta, a pessoa que deseja vingar-se pode correr o risco de se magoar ainda mais como também ferir a quem colocar como “objeto”. Por isso, deve-se ponderar esta possibilidade e pensar muito bem antes de cogitar e realizar o seu plano de vingança.
  5. SENSAÇÃO DE OPORTUNIDADE
    Este motivo poderia ser nomeado de várias outras formas, mas qualquer designação que recebesse ganharia o mesmo significado de que não se poderia perder uma oportunidade pela incerteza de não se repetir futuramente.
    Semelhante ao motivo anterior, esta sensação é desencadeada por uma necessidade instintiva ou vontade de se aventurar e correr riscos, que podem levar a arrependimentos futuros que acabam prejudicando uma relação, principalmente aquelas mais duradouras.
    É preciso considerar que nem toda a oportunidade é realmente uma oportunidade, mas sim uma verdadeira armadilha, cuja alegria momentânea pode se tornar um pesar duradouro.

Agora diga-me: você conhece algum outro motivo além dos que eu apresentei neste post que justifique a necessidade de algumas pessoas traírem os seus parceiros? Envie-nos os seus comentários.

Escorts Lisbon - Acompanhantes de luxo em Lisboa, Porto, Cascais, Oeiras, Carnaxide, Sintra, Coimbra, Santarém e Algarve!

CONTACTE-NOS!

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.