Vamos
Agendar?

Abstinência sexual: isto é bom ou é mal?

Abstinência sexual pode ser desejada, imposta ou naturalmente escolhida. Isso depende de cada pessoa e de fatores ou circunstanciais que possam influenciar na decisão.

É claro que quando há uma abstinência sexual numa pessoa que está solteira é um problema mais fácil de resolver, caso seja considerado algo que não foi escolhido pelo indivíduo. Mas pode tornar-se um grande problema para aqueles que possuem um parceiro ou parceira, uma vez que influencia diretamente no desejo e sentimento da outra parte.

A abstinência sexual basicamente consiste na privação do sexo, e por essa ação tanto o corpo físico como a mente podem ser afetados diretamente. O sexo é algo tão comum e natural que está presente em todas as espécies vivas. E no caso dos seres humanos não é diferente.
Você já passou ou está a passar por um período de abstinência sexual? Como encara este assunto? O tema sempre deve ser discutido com atenção e seriedade.

Abstinência sexual: Iisto é bom ou é mal?

A IMPORTÂNCIA DO SEXO E DE UMA VIDA SEXUALMENTE ACTIVA

Quando faz sexo frequentemente sabe o quanto o seu corpo reage de forma positiva após o ato. A ciência já descobriu que através do sexo o nosso organismo consegue libertar os hormônios que são responsáveis por áreas cerebrais que correspondem a satisfação, bem-estar, felicidade e prazer e, consequentemente, reduz de forma significativa os níveis de stress.

É claro que uma pessoa que passa por um período de abstinência, principalmente quando não é desejada, pode estar sujeito a aumentos dos níveis de stress e infelicidade de forma potencial. É muito comum pessoas que por não fazerem sexo acabem sofrendo alterações de humor e isso traz dificuldades no seu dia-a-dia.

Por outro lado, a abstinência sexual é uma forma considerada 100% garantida para se evitar a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como também a gravidez.

Mas quem possui uma vida mais sexualizada - e isso não tem nada a ver com promiscuidade - sofre com a falta de sexo. É comum sentir dores de cabeça como uma resposta rápida do organismo à sua mente.

CONSEQUÊNCIAS DA ABSTINÊNCIA SEXUAL

Toda a mudança de ações e comportamentos que o organismo sofre, provoca algum tipo de mudança direta ou indiretamente. E a abstinência sexual não é excepção. As consequências podem ser as que menos se imagina. Algumas delas são as seguintes:

  1. Sistema imunológico mais vulnerável
    Quando se deixa de praticar sexo as possibilidades de contrair infecções aumentam. Quem pratica sexo até duas vezes por semana, em média, consegue aumentar o estímulo do sistema imunológico e automaticamente o combate as infecções.
  2. Aumento das dores de cabeça
    Quando faz sexo fica mais relaxado e calmo, e quem sofre de enxaquecas ou cefaleia consegue sentir a redução desses incômodos, mas quem deixa de fazer sexo pode sentir fortes dores de cabeça, ou se sofrer de alguma dessas enfermidades percebê-las aumentadas. Isto tudo se deve ao fato de que a ausência do sexo origina maior cansaço físico, enquanto fazer sexo aumenta a produção de importantes hormônios como endorfina e ocitocina que possibilitam prazer e auxiliam na redução dos sintomas da dor de cabeça.
  3. Aumenta as dores no corpo
    Se sente mais dores no seu corpo, o que dá origem a uma maior dificuldade de realizar as tarefas corriqueiras, saiba que isso pode estar a ser provocado pela falta de flexibilidade corporal, cuja origem pode estar ligada diretamente a ausência de sexo.
    Quando se pratica o ato sexual os seus músculos relaxam, o que permite a flexibilização deles. Por isso, quando se passa muito tempo sem fazer sexo e resolve realizar o ato logo sente algumas dores pelo corpo.
  4. Reduz a autoestima
    Outro problema que já foi encontrado pela ciência é que a ausência de sexo, principalmente entre casais que já possuem uma relação firme, é que a autoestima pode ser diretamente afetada. É bastante natural pensar que existe traição por parte do parceiro, o que pode originar problemas de comunicação entre o casal.
    Isso sem contar que traz mais irritabilidade devido as oscilações do humor, e a pessoa pode ter o seu lado emocional bastante afetado por se questionar se ele possui algum problema ou se o seu parceiro tem algo a esconder.
  5. A qualidade do sono é afetada
    É bastante comum quando as pessoas fazem sexo sentir necessidade de dormir após o ato, já que o organismo entra em estado de profundo relaxamento.
    Com sexo são liberados hormônios como ocitocina e endorfina, que além de propiciar um bem-estar auxilia no alcance do sono profundo, o que faz com que as pessoas fiquem bem melhores quando acordam. Dessa forma, quem fica privado de sexo pode acabar por sofrer de insônia.

Este conteúdo foi útil?
Então partilhe com os seus amigos nas redes sociais.

Escorts Lisbon - Acompanhantes de luxo em Lisboa, Porto, Cascais, Oeiras, Carnaxide, Sintra, Coimbra, Santarém e Algarve!

CONTACTE-NOS!

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização Está a usar um navegador desatualizado. Por favor, actualize o seu navegador para melhorar a sua experiência de navegação.